Uma semana repleta de filmes




Aproveitei esta semana inteirinha em casa para fazer duas coisas que amo. Primeiro curtir meu filho, meu tesouro. Segundo assistir a ótimos e bons filmes. Como na semana que passou comemoramos o dia das crianças e o dia do Professor e o local onde trabalho é um sindicato de professores, ganhamos a semana de folga. Um presente que veio em boa hora.

Há muito tempo não tinha uma oportunidade dessas, ficar livre sem compromisso com nada. E olha que tirei férias, recentemente. Mas, como todo brasileiro, sem grana e com contas a pagar, não deu para viajar. Tirei o tempo livre para resolver problemas pessoais e familiares. Elas passaram tão rápido que quando vi, já voltei ao batente. Não curti nadinha.

Então, mediante uma chance dessas, não poderia desperdiçar.
Comecei minha maratona cinematográfica na segunda, dia 12. Eu e meu filhote fomos assistir a dois filmes infantis. Como estava rolando o “festival de cinema infantil do Rio” assistimos a “Bolt – o supercão”. Divertido e alegre. Meu filho adora filme com cachorros e ficou quietinho sem me dar nenhum trabalho. O outro visto neste mesmo dia foi: “O golfinho, a história de um sonhador”. O filme conta à história de Daniel Alexandre Golfinho, um jovem que tem grandes sonhos e é totalmente diferente do restante de seus amigos. Ele se lança numa aventura fantástica pelos mares em busca de descobrir o caminho de sua felicidade, sempre acreditando em seus ideais. História simples e bonita. Fui pesquisar na net e li que o desenho é uma produção alemã, italiana e peruana. Deixa um pouco a desejar na parte visual, mas mesmo assim, tem imagens bonitas.

Na terça, após cumprir com minhas obrigações domésticas, assisti ao filme: “Ladrão de casaca” do meu adorado Alfred Hitchcock. O filme foi realizado em 1955. Após filmar um de seus maiores sucessos “Janela indiscreta”, ele fez este aqui. Os protagonistas são Cary Grant e Grace Kelly (que fez seu último filme antes de casar com o príncipe Rainer e abandonar sua carreira de atriz). Confesso que a história é boa, a fotografia é linda, porém os outros que assisti de AH são melhores. Considero este aqui mediano.

Na quarta, fui à locadora e peguei três. O primeiro que vi foi: “Ligeiramente grávidos”. Comédia dirigida pelo Judd Apatow, o mesmo de “o virgem de 40”. A história é bacana e diverte. O protagonista Seth Rogen é ótimo e faz o tipo bonachão, largadão e em paz com a vida, boa escolha para o papel. Já a protagonista Katherine Heigl é chatinha e sem graça, nada haver com a personagem. Uma boa distração.O segundo que vi foi: “O visitante”. Escolhi este após ler a sinopse e ver que o ator principal Richard Jenkins concorreu ao Oscar deste ano na categoria melhor ator. Acertei na escolha. Sensível e comovente, narra a história de um professor universitário triste e solitário (um homem infeliz que tenta se mostrar ocupado, quando na verdade tem uma vida chata e monótona) que vai a outra cidade participar de um congresso. Lá ele encontra dois imigrantes clandestinos morando em seu apartamento, um rapaz sírio e uma moça senegalesa. Após uma discussão inicial ele deixa os dois jovens morando em sua casa. A partir daí, acontecem algumas pequenas mudanças em sua rotina que irão afetar diretamente sua vida e o farão repensar algumas questões. Belo. O terceiro que vi foi: “Longe dela”. Há muito tempo queria assistir este aqui. Há um tempo atrás vi uma crítica da Isabela Boscov (no youtube) sobre o filme e de cara me apaixonei pela história. Valeu a pena. A história é tão doce e bonita que mexe com você. Ela trata de questões sérias como: Alzheimer, mudanças, recomeço, amor e decisões, só que de uma forma tão cativante que acabamos nos apaixonando pelo contexto, que embora seja de dor e sofrimento, mostra atitudes verdadeiras e sinceras de amor. A diretora Sarah Polley, uma jovem atriz, que em seu primeiro filme demonstra ter um enorme talento e com certeza tem pela frente um brilhante futuro como diretora. Sem contar que Julie Christie (de Doutor Jivago) no auge de seus 68 anos continua linda. Caraca! O tempo foi muito bom com ela.

Na quinta, fui ao cinema e vi logo dois seguidos: “Bastardos inglórios” e “9 a salvação”. Amei o primeiro. Quentin Tarantino se superou neste aqui. A história (uma idéia mirabolante que funcionou muito bem), a narrativa (excelente dividir a trama em cinco capítulos), os atores (Brad Pitt, como coadjuvante se sai muito bem. O capitão Hans Landa, interpretado pelo Christoph Walk está maravilhoso, e a bela Diane Krueger), os bastardos (genial o grupo formado por soldados judeus para acabar com soldados alemães), o plano (matar Hitler e os membros do 3º reich, fabuloso. Pena que foi mentira. Ah! Se tivesse sido real) e o diretor (escreveu uma história cheia de humor, violência, graça e ótimos diálogos bem a seu estilo). O segundo produzido pelo Tim Burton, um diretor que gosto e considero bom, é legal. A trama fala de bonequinhos que ganham vida e tentam sobreviver em meio a um desastre, onde os humanos foram todos mortos por máquinas. Uma aventura em busca da sobrevivência. Bom filme. Distrai.

Na sexta fui ao cinema com meu filho e minha comadre e acabei vendo novamente “up altas aventuras”. Já comentei sobre este aqui em um texto anterior. Para fechar com chave de ouro, à noite em minha casa, sozinha e tomando um delicioso vinho vi; “Superman II, a aventura continua”, com o saudoso Christopher Reeve no papel do homem de aço e Gene Hackman como o vilão Lex Lutor. De todos os filmes já feitos sobre super heróis, este aqui é o único que gosto. Uma ótima continuação. Tão bom quanto o primeiro filme. E “Sob o domínio do mal”. Este do ano de 1962. Tem no elenco Janeth Leigh, que anos mais tarde atuou em um dos maiores clássicos do cinema “Psicose” e Frankie Sinatra. Um ótimo suspense. Em 2006 ganhou uma nova versão nas mãos do diretor Jonathan Demme, tendo Denzel Washington e Meryl Streep como protagonistas. Porém, não chega aos pés do primeiro.

Termino por aqui minha “maravilhosa semana cinematográfica”. Que venham outras.

9 comentários:

Reinaldo Glioche disse...

Que venham outras semanas cinematográficas! Isso é que um bom desejo de se fazer...(rsrs)
Obrigado por me prestigiar lá em Claquete. Fico muito feliz com sua audiência. Vc tb faz um belo trabalho aqui. Meus parabéns. Adoro, adoro muito tudo sobre cinema. E vi que vc tb é uma grande entusiasta da sétima arte. Espero que possamos trocar muitas idéias.
Te vejo por aí!

Byers disse...

Que bom que gostou da Sunshine flor! Fico lisongeado com todas as observações que vocês gentilmente fez, obrigado!

Jaime Guimarães disse...

Oi,Cíntia!

Bem, é o que eu chamo de "semana cinematográfica"...rsss Eu não sei se teria fôlego para tantos filmes...rss

Até ando com vontade de ver "Bastardos Inglórios". Taí, gosto do que o Tarantino faz, desde "Cães de Aluguel", "Pulp Fiction" e até "Jack Brown".

"Superman II". Acho que eu lembro...é aquele onde os 3 sobreviventes de Kripton aparecem e dão uma surra no Clark? hehehehehe Legal! rsss E com um bom vinho fica melhor ainda!

Um bj e boa semana!

Marcelo A. disse...

Nossa! Você tava do jeito que gosta, né?

Uahahahhahahaaaa!!!

Bem, vamos por partes: Ladrão de Casaca é mesmo um filmaço, mas também considero aquém dos grandes de Hitchcock. Noutro dia tava assistindo a uns da fase inglesa do mestre, e acho que valeria a pena você dar uma espiada.

Gosto muito do Ligeiramente Grávidos. Curto o tipo de humor feito pelo Seth. Noutro dia, tava vendo uma entrevista dele. É um cara comum, feito nós, que começou a escrever uns roteiros depretensiosos e quando viu...

Tô doido pra ver Bastardos... Depois, comento aqui. Mas Tarantino é sempre garantia de um bom filme...

Superman II?! Caraca, essa foi do fundo do baú...

Uahahahahhahaaa!!!

Sob o Domínio do Mal é um filmaço mesmo. Revi faz pouco tempo no TCM. O remake, já comecei assistir, mas desisti no caminho. Nem se compara ao original...

Bem, falei demais! Isso é o que eu chamo de cinéfila!

Abração, comadre!

bones disse...

ah a semanas dos meus sonhos..... não tiro férias a 11 anos criança, quando muito um fim de semana (2 dias mesmo)!!!rsrsr
Meu filho foi ver os Bastardos e chegou dizendo que nunca riu tanto.
Eu não vou ver tão cedo, esperarei o DVD, sim ,pois o filhote vai comprar em pré venda de tanto que gostou.
Obrigada pelas visitas ao blog, eu sempre passo por aqui, nem sempre deixo comentário, desculpe, vou tentar me comunicar com mais frequencia. Obs.: adorei a lista dos filmes de professores
abraços.

Cristiano Contreiras disse...

Puxa, amiga. Viu vários filmes, hein?

Eu adoro a saga do Superman, principalmente pela interpretação única e imortal do Chris Reeve(EM ALGUM LUGAR DO PASSADO, mesmo, outro dia revi só por causa dele!)...

Não vi ainda Up e nem Ligeiramente Gravidos, mas vou conferir! Gostei da mistureba de filmes aqui citados!

Beijos!

Marcelo Augusto Cetreus disse...

Primeira vez que venho aqui, e espero vir mais vezes!

Legal, tá mais que certa,curtir o filhão, eu dou a maior força! Quanto ao blog em si, parábens! Adorei sua fluencia no texto, deixando ele continuo e agradavel!
E como disse o Cris, que mistureba de filmes rs
aaa, mas voce viu otimos filmes, e ta valendo!

se der, passe no cinemótica: http://awardmovies.blogspot.com

abraços!

Rodrigo Mendes disse...

Oi Cintia,

tem coisa melhor que ficar a semana vendo filmes?

Preciso assistir LONGE DELA da Sarah Polley urgente. Gosto dela como atriz também em: VAMOS NESSA e MADRUGADA DOS MORTOS, hehee

Bjs!

Edivaldo Lopes disse...

Ola! minha linda tudo bem ? espero que sim
bem gata os desenhos que voce vio são charges
do cartunista carlos latuff um amigo meu que mora la no rio de janeiro que no anos de 2007 ele veio aqui em sp para fazer essas chages e a judar nois na luta contra o governo de josé serra e seus decretos que atualmente fere as universidades publicas
e estadual . você perguntou se faço parte de algum projeto sim gata .
eu faço curso e a judo na organização de algumas atividades no espaço criança esperança de são paulo
espero que voc tenha gostado do meu blog
me add no msn edinho_1988_5@hotmail.com assim poderemos nos conhecer melhor se - cuide

Postar um comentário