Saudosas matinês

Durante 4 maravilhosos anos, freqüentei as matinês de um cinema bem pertinho de minha casa. O cinema ficava localizado em um pequeno Shopping aqui no centro de São Gonçalo (estado do RJ), chamado Rodo shopping. Isto aconteceu no ano de 1989 e eu estava com meus 13 anos, entrando na adolescência, uma fase nova e cheia de descobertas.

Naquela época, a violência não era tão grande como hoje, então, eu podia sair e passear sem que minha mãe ficasse louca e preocupada. As coisas eram tão tranqüilas naqueles anos. Como eu era extremamente tímida e não tinha muitos amigos, apenas uma, ir ao cinema era a minha diversão preferida. Saudades. Mas, vamos falar do que interessa.

Neste ano o shopping citado acima foi inaugurado e com ele comecei a vivenciar minha fase “rata de cinema”. Desde então até o ano de 1992, no mínimo duas vezes por mês, toda sexta-feira, ás 14:00, lá estava eu na fila para assistir a estréia da semana. Toda semana era lançado um filme novo e fresquinho. Ali assisti de tudo. De grandes filmes, considerados campeões de bilheteria, a produções chatas e que foram verdadeiros fracassos.

O primeiro filme que assisti sozinha foi Karate Kid III. Lembro claramente deste dia. Cheguei no cinema, por volta das 13:30, estava nervosa e ansiosa, pois foi à primeira vez que minha mãe e meu pai me deixaram ir ao cinema sozinha. Tava tão feliz. A sensação daquele dia foi a de ter ganhado na loteria e o prêmio seria ver um filme, que na minha perspectiva, com certeza seria ótimo, pois tinha assistido aos outros dois e havia gostado. Na verdade, confesso que não foi o filme que importou, mas sim a alegria de ir ao cinema sozinha pela primeira vez. A sensação de liberdade que vivenciei.

Daquele dia em diante, me tornei figurinha fácil naquele cinema. Cito para vocês alguns dos filmes vistos por mim naqueles anos. Impossível citar todos, pois daria umas cinco páginas, então, vou resumir falando sobre os principais.

1989: A princesa Xuxa e os trapalhões; os trapalhões na terra dos monstros (me dêem um crédito, eu tinha somente 13 anos né); Batman (não gostei, não sou fã deste super herói, aliás, dele e do homem aranha); de volta para o futuro II (muito legal, dos três filmes, este é bonzinho, o primeiro é excelente e o terceiro é muito chato, Michael J Fox trabalhou super bem na trilogia, pena que o último deixou a desejar para os fãs); a pequena sereia (desenho lindo dos estúdios Disney, lembro que fiquei encantada com a Ariel e adivinhem me senti a própria.........rsrs); olha quem está falando? (lindinho o filme, eu adorei e foi graças a ele que John Travolta retomou com sucesso sua carreira em Hollywood, depois de ficar anos no ostracismo. Ah e foi o filme que projetou a Kristie Allien.........alguém a conhece?).

1990: De volta para o futuro III (chatíssimo); Darkman – vingança sem rosto (chato também); Drácula de Bram Stocker (me amarrei neste filme, dirigido pelo ótimo Francis Ford Copolla, a Winona Ryder, estava deslumbrante e o Gary Oldam assustador e muito sedutor também); uma escola atrapalhada (tudo bem, não sou perfeita......rs), o poderoso chefão III (eu amei o primeiro filme da trilogia, de todos este é o mais fraco, mas mesmo assim, um bom filme, que foi dirigido pelo Francis Ford Copolla); Gremlins II (eu gostava destes bichinhos, muito engraçadinhos e fizeram sucesso na minha adolescência); lua de cristal (eu era fã da Xuxa, fazer o que); o predador e robocop II (ai, sem comentários); rocky V (chato, Stallone, perdeu a graça); condenação brutal (também com Stallone, mas até que deu pra assistir).

1991: A família Addams (gostei muito deste, Angélica Houston e o falecido Raul Julia estavam divinos sem contar na Cristina Ricci que se destacou também); american kickboxer (ai falta de opção mesmo); Highlander II (gostava do Christopher Lambert), Hook – à volta do capitão gancho (gostei do filme, sou fã do Robin Williams e do Dustin Hoffman); inspetor Faustão e o malandro (alguém se lembra desse????); meu primeiro amor (lindo, eu adoro este filme, Macauly Culkin estava tão bonitinho e a menina que contracena com ele Anna Chlumsky muito fofa, a história é muito bonita e este filme marcou a carreira deste jovem ator); Robin Hood – o príncipe dos ladrões (razoável), Robin Hood (razoável também); o exterminador do futuro II – o julgamento final (adoreiiiiiiiiiiiii........lembro que fiquei uma hora e meia na fila para conseguir comprar o ingresso, tinha muita gente, mas no final valeu a pena, pois o final é excelente e James Cameron acertou mais uma vez); Edward – mãos de tesoura (este aqui foi meu presente de aniversário de 15 anos, pois minha mãe me deixou ir ao cinema num sábado sozinha pela primeira vez e justamente na véspera de meu niver de 15, adorei o filme e o Johnny Deep também).

1992: Alladin (lindo, também dos Estúdios Disney); candyman (chato); o óleo de Lorenzo (chorei pra caramba, história bonita e uma verdadeira lição de vida); Alien III (ai não valeu a pena, o terceiro filme da série deixou a desejar, Signourney Wever não estava bem no paple).

Amigos, poderia continuar, mas prefiro parar por aqui e deixar para uma próxima postagem.Tenho muito a falar ainda.
Até breve.

11 comentários:

Jaime Guimarães disse...

Oi, Cíntia!

Bom, agora posso comentar com um pouco mais de propriedade, afinal muitos destes filmes eu vi (saudades da época de adolescente num tempo em que não havia tantos pedófilos e traficantes à solta!).

A trilogia "De Volta para o Futuro": o terceiro filme foi muito chato mesmo. Não gostei, foi um desperdício. Já o primeiro e segundo, pra mim, são "crássicos", ótimos!

Highlander? Até hoje procuro a trilha sonora deste filme! rssss Lembro que era muito boa...aliás, foi a trilha sonora do Guns n'Roses que me motivou a assistir "Terminator II", o melhor da série, creio.

Eu adoro o Batman, mas detesto o Michael Keaton e o Joel Schumacher. O primeiro filme é até bom, por causa do Jack Nicholson ( desculpem fãs do Coringa daquele ator que morreu recentemente e que me esqueci o nome...mas Nicholson É O CORINGA adaptado no sentido real que Bob Kane - criador do Batman - pretendia com o personagem. Brilhante!).

Sim, você acertou: sou professor e parece até que você descreveu a minha rotina de trabalho. Das 7 às 22 horas, quase todos os dias, uma loucura que tem me custado caro. 60 horas semanais para ganhar uma merreca e ainda ter que "ajudar na educação" abdicando de sábados...quando digo "não" já viu, né? Assédio moral!

Ah, aquele vídeo que você viu que eu mandei pro Marceleza é justamente o que a professora fazia sua "dança". Daquele jeito mesmo. Aliás, a protagonista era a profe. É que já retiraram o vídeo principal do youtube, mas no próprio site tem "n" trechos da profe. Bom, ela já está aproveitando e dizendo que se posa nua se receber convites. Vai ficar toda enfiada...de grana! hahahaha!

Obrigado mesmo por comentar lá, a opinião de educadores é muito importante neste caso.

abs!

Marcelo A. disse...

Tava aqui lendo e vendo o monte de filme que assistimos em comum, no cinema... Desde os filmes da Xuxa, passando pela franquia De Volta para o Futuro, Robocop, O Predador e "otros más"...

Saudades de um tempo em que o cinema, como dizia um slogan antigo, "era a maior diversão". Hoje em dia, ninguém merece! O preço de um ingresso é uma facada. Nem se eu quisesse, poderia assistir um filme a cada fim de semana...

Beijão, comadre!

Fui!!!

Caio Coletti disse...

Nossa, quanto filme em um post só. Adorei seu blog, é um jeito mais descontraído de falar de cinema, muito bom de ler!

Dos que vocÊ citou aí eu vi poucos, mas acho que o meu preferido é "Edward Mãos de Tesoura", até hoje não entendo como o Johnny Depp não levou nenhum prêmio por esse filme, ele está simplesmente fantástico sendo dirigido por um Tim Burton no topo de sua forma, essa parceria rendeu e renderá maravilhas.

Abraço, estou seguindo!

Vanença disse...

nossa,quanto filme vc recordou!!!
que memória fenomenal!!!
bjs

Renan Barreto disse...

Cintia!!! eu adoro a tua forma de passar sua história, mesclando com a história do próprio cinema. Acho uma forma de prender o leitor muito criativa, porque a gente aprende sobre você e sobre os filmes. E sabe que eu leio o teu blog e fico imaginando uma menina adolescente andando pelos cinemas, é uma visão tão bonita... Sério, seria tão bom se todo mundo tivesse a mesma convicção que vc tem. Se pelo menos as pessoas conseguissem se dedicar a algo. O amor por alguma coisa ou por alguém está acabando devido à velocidade da informação e a falta de tempo. Infelizmente. Eu vi quase todos esses filmes ai. Gremlins é ótimo, eu ria muito. Edward... Depp e Burton... Algo mais a dizer? ahuah E tantos outros que vc citou....

Cintia, fica só entre nós... Eu vi Xuxa e a lua de cristal. rsrs Eu gosto dessa música. rs O sérgio malandro posando de galã que foi brabo hauhua ainda bem que eu era criança. Mas a gente olha de lá pra cá e vê quanta coisa mudou.

Eu amo o batman e gosto do homem aranha, mas gosto mesmo é dessa nova leitura do Batman e não do origianl. E concordo com o Jaime sobre o coringa, mas O Ledger criou algo mais moderno. É um releitura do personagem. E muito boa. Sobre o drácula!!! Minha nossa, um dos melhores filmes que eu já vi! É clássico eterno aquele.

Bem, acho que me vou-me hauha Bjo! E conte mais sobre suas experiências cinematográficas... Vou adorar ler!!!

http://renanbarretoonline.blogspot.com/

Bjo!!

Marcelo A. disse...

Uahahahhahahaaaaaaaaaaaaaaaa!!!

A Rosa Púrpura do Cairo?! Fala sério... daqui a pouco o Jeff Daniels pula da tela do cinema e te carrega com ele por aí!

Eu amo a E.Y. disse...

Olá Cintia, me desculpe pela demora em te responder, mas eu realmente ando sem tempo para postar. Poxa, muito obrigado pela visita ao meu humilde Blog. Gostei do seu relato sobre a primeira vez em que você foi ao cinema sozinha! Eu nem me lembro mais como e quando foi a minha primeira ida solitário ao cinema (risos). Gostei muito do seu blog. Torço para que muitas atualizações ainda estejam por vir.

Beijos!!!

Cristiano disse...

Eu acho DE VOLTA PARA O FUTURO 3 muito bom! abs

Thiago Paulo disse...

Nossa, tem tudo marcadinho ai, né?! Se não, sua memória é ótima.rs Bom, na minha época, esses filmes já estavam todos passando na sessão da tarde. E mesmo não tendo assistido no cinema, muitos delas marcaram muito minha infância. Não tem como comentar sobre cada um delas, mas pode ter certeza que gostei e gosto de muitos que você citou.

Nossa, sou muito fã da Sigourney Weaver, e sabe que também odeio o terceiro Alien... Muito ruim. Meu preferido é o segundo filme!

Sobre seu comentário lá no meu blog, eu realmente tenho dado mais atenção aos filmes antigos. Não podemos nós prender aos lançamentos, tem coisa muito boa pra gente descobrir. E Assim Caminha a Humanidade é lindo, principalmente a primeira parte!

Nossa, chorei muito em Cinema Paradiso.Tudo muito lindo! Feito exclusivamente para cinéfilos. rs

Bjs...

bones disse...

uma notinha sobre Kistie Alley, seu primeiro filme foi Jornada nas estrela-a procura de Spock em 1982, seu personagem continuou no filme seguinte om outra atriz pois o cachê que ela pediu foi muito alto.Depois dos tres filmes com o john Travolta ela ainda fez um com christopher Reeve outro com Tom Selleck depois ela participou no famoso seriado Cheers, fez mais alguns filmes para enfim estrelar Veronica's closet onde era protagonista de 97 a 2000. Cinco anos depois, ENORME, ela fez Fat Actress.
Sua batalha para perder peso foi tema até para Oprah, ela perdeu seus trinta kilos, virou garota propaganda de uma dieta da moda, voltou a engordar, entrou em depressão, emagreceu de novo e eu ainda espero vê-la num próximo filme para saber como ela está. Viu, eu não só conheço, dessa eu sou fã de carteirinha, hehehe

Reinaldo Glioche disse...

Suas recordações são muito nostálgicas e suas observações sempre corretas!
Concordo, saudosas matinês!
Bjs

Postar um comentário